Tudo parece ser relativo!

Já pararam pra refletir... acho que não, nem mesmo eu que estou propondo isso, já tinha pensado dessa maneira, mas por pior que pareça, acho que essa é a realidade que vivemos.


Quando um problema é muito grande - a exemplo da pandemia que nos assola nesse momento - mas de alguma forma, estamos protegidos dele, pra gente ele não parece tão significativo assim...



Estamos num período bastante difícil, com recomendações que oscilam entre isolamento social total e parcial, e mesmo assim, conseguimos ver pessoas - não sei se são pessoas de verdade... - participando de festas, encontros e até passeatas em locais públicos... não acreditam? Pesquisem um pouquinho e vão encontrar.



Também temos defensores ferrenhos do isolamento social total que enfatizam estarem preocupados com a saúde das pessoas, mas no fundo parecem estar aproveitando o momento e o algoritmo das redes sociais para buscarem mais visibilidade..


Claro, eu não posso esquecer de citar as pessoas extremamente preocupadas com os problemas sociais que o caos econômico pode causar, defendendo o isolamento social parcial... falam isso de suas casas, bem protegidos pelo isolamento social total, pois possuem recursos financeiros como reserva para sua segurança temporária...


Enfim, estou sendo extremista nos apontamentos apenas pra caracterizar o momento complicado que vivemos, eu sei que todos, lá no fundo, estão preocupados com eles próprios, mas também com as outras pessoas.